01/03

Qual o procedimento do HAMS em caso de hóspede com diagnóstico de Covid-19?

Inicialmente gostaríamos de destacar que o nosso hotel atende a todas as medidas sanitárias propostas pelo governo, tendo recebido o selo formal que atesta isso. Destacamos também que temos passado por toda essa pandemia seguindo a rigor a nossa missão que é: “Acolher e acreditar na estrela de cada um”. Foi seguindo essa diretriz que, logo no começo da pandemia, apoiamos a todos os profissionais de saúde com descontos que chegaram a até 80% do valor de nossa diária usual.

Afinal, dentro da nossa cultura organizacional, entendemos que a empresa tem um escopo para além do lucro, com vistas a uma completa harmonização no seio social, levando em consideração os mais diversos âmbitos como: sustentabilidade, meio ambiente, desigualdades sociais, etc.

Feita essas considerações, informamos publicamente como procedemos caso um de nossos hóspedes tenha suspeita ou apresente teste positivo para o coronavírus. Na função de responsável por todos que se encontram dentro do nosso estabelecimento, não apenas de forma individual, mas também coletiva, nossa postura nos dois casos de suspeita de Covid-19 em nosso estabelecimento, foi solicitar a transferência do hóspede para outro local de total isolamento, via Airbnb ou aluguel de flat, por exemplo.

Alguns estabelecimentos estão aceitando que o hóspede fique em “total isolamento” no apartamento. Porém, essa situação se desenrola em dois fatos de complexa decisão para a empresa: 1) Não é possível forçar o hóspede a ficar no apartamento. Esse acordo seria “entre cavalheiros” e facilmente descumprível; 2) Seria necessário expor alguém da equipe para retirar as roupas e entregar a comida.

Ainda que todas as medidas de segurança fossem obedecidas, dentro da livre autonomia da empresa, optamos por não expor – além dos riscos que estão constantemente expostos – qualquer funcionário do nosso TIME DE ESTRELAS, que é o nosso bem de maior valor.

Essa postura foi contestada por alguns hóspedes que gostariam de ter recebido um apoio maior do hotel nesta situação delicada. Nós oferecemos suporte a todos em sua transição, mas não na permanência no hotel. Esse é o motivo pelo qual estamos sendo claros e objetivos quanto a nossa postura. Não temos o intuito de lucrar às custas da exposição, não apenas da equipe, mas também de quaisquer hóspedes que se encontram no hotel, pelos quais também somos responsáveis.

A pandemia é uma situação que devemos enfrentar pensando de forma coletiva e não meramente individual. Durante todo esse período anômalo em nosso planeta, nenhum de nossos funcionários contraíram o vírus, resultado de nossa política enérgica em combate-lo.

Dito essas palavras, continuamos a disposição para acolher, pensando no todo, todos aqueles que nos procurarem.

Saudações fraternais,

Sabrina Florêncio

CEO Hotel Aeroporto Montese Star